terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Papai também tem seu lado poeta


Quem foi que disse que só mamãe sabe fazer poemas?

Papai também já escreveu uma poesia pra mamãe...

Como ele mesmo explica no prefácio do livro de poemas da mamãe....

Esses dois são mesmo a " tampa e a panela",viu? rsrsrsrsrs



"A autora me fez recordar tempos há muito idos, quando este jovem engenheiro era estudante de nível médio, quando razão ainda não tinha dominado minha alma e era livre para ser o que quisesse, inclusive poeta. Dessa forma, no dia seguinte ao nosso primeiro encontro, escrevi um poema que resume minha admiração e respeito pela autora, que reproduzo aqui, como convite para você, leitor, a também viajar pelos caminhos tortuosos, porém gratificantes, do amor..."






Primeiro Encontro



O seu belo sorriso
Me chamou,
A sua encantadora graça
Radiante me deixou...

Alma pura e cheia de sonhos
Disso já sabia,
Mas seu formoso rosto não conhecia...
Intensa emoção senti
Raras vezes o tempo pára
A não ser quando estou com ti

A mais bela das coisas
Nos seus olhos avistei,
Aspiro a esta inusitada princesinha ser seu eterno admirador...


03/11/2002








perceberam, que as frases do poema na vertical formam outra frase?

"Omar admira Ana" lindo não,é?

Papai também quero um poema em minha homenagem,viu?


Um comentário:

Hérika&Ariano disse...

Que chiqueeee! Não sabia que Omar também era poeta! Parabéns! Quem sabe vocês não fazem uma parceria e escrevem um livro bem lindo, em homenagem a Guto?

Beijos!