quinta-feira, 12 de março de 2009

Luiz Augusto


Um anjo mora em mim
Um pequeno anjo assim
Anjo azul repleto de inocência
Do amor a referencia
Hoje mora em mim e não em outro lugar
Uma candura sem fim que uma cegonha foi buscar
O maior presente que Jesus me deu
Um presente realmente de Deus
Um infanto anjinho bebê
Que agora é o meu beber e o meu respirar
Por ele voltei a rimar
Estado interessante e de graça
O meu mais perfeito sonho não importa o que eu faça....
Anjo de luz
Mandado por nada menos que Jesus
Coisa preciosa e sagrada
Me sinto por agora imaculada
Porque dentro do meu ventre há a pureza
Que dilacera a vã tristeza
Luiz a minha luz
Augusto amor robusto e justo
Luiz Augusto guerreiro sagrado
Afeto profundo não passageiro que permanecerá ao meu lado
Por ser o amor mais amado....
Ana Thália

2 comentários:

Hérika e Ariano disse...

Amigaaa!

Que linda poesia, você realmente deixou o coração falar...Ficou perfeita!

Que foto linda, nesse lugar maravilhoso que é Salvador, uma delícia!!!!

Guto terá o privilégio de nascer embalado por muito amor e carinho!

Beijos!
Kika e Ariano.

Sonia disse...

ANATHÁLIA,que poema lindo,só pode ser inspiração de DEUS através de Guto!A chegada está próxima e que o SENHOR te cubra de bênçãos nesta hora a você e este bebê maravilhoso,que está por vir.Que NOSSA SENHORA te cubra c/ seu santo manto agora e sempre.Beijos e fica c/ DEUS.SONIA